Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Carlos Augusto Nazareth
Escritor, dramaturgo, diretor, crítico de teatro, especialista em Literatura Infantil pela UFF e professor de dramaturgia. Autor de O menino detrás das nuvens e de O pássaro do limo verde (Franco, 2003), que se tornou um dos espetáculos mais premiados do país, recebendo os prêmios: Coca-Cola, Mambembe e Sharp. Além destes espetáculos montou inúmeros outros, como O misterioso rapto de Flor do Sereno, O viajante das estrelas e Petruska, tendo obtido com estes cerca de cinquenta prêmios em teatro. Vários de seus textos receberam a chancela Altamente Recomendável da FNLIJ, tanto como autor como editor. Criador do Centro de Pesquisa e Estudo do Teatro Infantil (CEPETIN), continua desenvolvendo pesquisa sobre o teatro voltado para a criança, a criança e a arte, e arte e educação.
 
 

 

 
Trama: um olhar sobre o teatro infantil ontem e hoje

Carlos Augusto Nazareth.
.
.
.
.
Trama: um olhar sobre o teatro infantil ontem e hoje é uma coletânea de textos publicados em blogs, revistas acadêmicas e sites, reunidos agora, em um só volume. Uma iniciativa do CEPETIN para colocar ao alcance do trabalhador do teatro e da educação, da cultura e da arte, uma série de textos teóricos – cada um deles ponto de partida para pesquisas aprofundadas. Este é apenas um pontapé inicial que pretende provocar uma discussão, uma inquietação, um pensar e uma reflexão aprofundada sobre o teatro para crianças, e estimular que se desenvolvam estudos acadêmicos sobre cada questão aqui apontada.

 
 

 

 
Filomena

Carlos Augusto Nazareth.
Elvira Vigna.(Ilustr.)
.
.
.
Maria Filomena, “ruiva, cabelos cor de fogo, sardas cor de ferrugem”, é uma menina curiosa que gosta de esconder-se no sótão para pensar. Filha única, tem na leal Berenice sua melhor amiga. Encanta-a o lá-fora do mundo, o “cheiro de vida” que recende da terra, do vento, da chuva. Aos “doze anos muito falantes”, Filó confronta-se com experiências e sentimentos desconhecidos: seu coração passa a bater mais forte por Bernardo, namorado de Berenice; seu corpo ameaça tomar contornos de mulher; sua mãe lhe diz que precisam se mudar. E é nisto que reside a riqueza do livro, que inclui um “álbum de retratos” feito de pinturas a óleo: na capacidade de enfrentar o novo, por maiores que sejam os temores.