Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Thais Linhares
Ilustradora e escritora. Ganhou prêmios com suas ilustrações e faz parte da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ), organizando exposições e encontro de ilustradores. Abriu o selo Ygarapé Editorial. Pela Lamparina, ilustrou A menina e a bolsa da menina e Para onde vai a vida?, ambos em 2004.
 
 

 

 
Para onde vai a vida? As aventuras e desventuras de Joca Boca-Suja, o menor maior mentiroso do mundo

Luiz Bras.
.
.
.
.
Joca Boca-Suja é um menino ruivo e bochechudo que deseja saber para onde as pessoas vão, de onde vêm, para onde a vida segue. Logo no início da história, diz ao narrador ter sido sequestrado por seis palhaços mutantes que o acorrentaram num porão imundo com dois leões famintos, “malucos por quindim e cocada”. Este é o primeiro livro publicado de Luiz Bras, “alguém de carne e osso, mas de pura fantasia”, supernome literário de Nelson de Oliveira. Mas que não se pense tratar-se da mesma pessoa, pois “o Luiz é muito mais velho, muito mais experiente, muito mais bonito — muito mais tudo! — do que o Nelson”. As ilustrações de Thais Linhares dão asas à delirantemente saudável imaginação do pequeno Joca.

 
 

 

 
A menina e a bolsa da menina

Lucia Castello Branco.
Thais Linhares.(ilustr.)
.
.
.
Bolsa como metáfora para ganhar o mundo e a imaginação — eis a forma como Lucia Castello Branco, professora de literaturas brasileira e portuguesa da UFMG, transforma um objeto tão almejado por meninas em metonímia de viagem, descoberta, autoconhecimento. Com habilidade de ourives, a autora não trata o público infantil e juvenil feito criança; lá pelas tantas ajunta ao substantivo “brinquedo” o misterioso adjetivo “inconsútil” — o que enseja outra possível função: bolsa para guardar palavras novas. A história rende homenagem ao escritor Wander Piroli, autor de O menino e o pinto do menino. A ilustradora Thais Linhares recebeu em 2002 a menção de Altamente Recomendável para Crianças e Jovens pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ).