Home Editora Livros Notícias Onomástica Distribuidores
 
  Alberto Tosi Rodrigues
Foi professor de Sociologia e Ciências Políticas da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), onde foi diretor de pesquisa da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Autor de Sociologia da educação (Lamparina, 2007) e tradutor de Para realizar a América (DP&A, 1999). Faleceu em abril de 2004.
 
 

 

 
Sociologia da educação

Alberto Tosi Rodrigues.
.
.
.
.
Interpretar a educação do ponto de vista da sociologia é compreender que, se por um lado as pedagogias são o fundamento das práticas educacionais, por outro as crenças, os valores e as normas sociais são os alicerces da pedagogia. Este livro apresenta a sociologia da educação como disciplina acadêmica preo­cupada em reconstruir as relações, que existem na prática cotidiana, entre as ações que objetivam ensinar e as estruturas da vida social — a economia, a cultura, as normas jurídicas, as concepções de mundo, os conflitos políticos. A educação é objeto privilegiado da sociologia, porque o ato de educar é, ao mesmo tempo, a base da conservação da ordem e o esteio de suas mais radicais transformações.

 
 

 

 
Humanidades

Paulo Ghiraldelli Jr..(org.)
Ronie Alexsandro Teles da Silveira.(org.)
.
.
.
Oferece um panorama de disciplinas básicas que integram essa macroárea do conhecimento, como política, sociologia, antropologia, direito, feminismo, psicologia, literatura, filosofia, epistemologia e teologia. A abordagem dos textos é simples, feita segundo um vocabulário de encomenda: solicitou-se aos autores — especialistas nos assuntos de que tratam — que escrevessem de maneira que o “leigo culto” pudesse assimilar rapidamente o conteúdo. Os assuntos são agrupados sem nenhuma hierarquia, pois a noção de que as humanidades possam ser apreendidas segundo critérios de prioridade inviabiliza iniciativas que deveriam propiciar o ultrapasse das fronteiras entre variegadas formas do saber.

 
 

 

 
Contra os chefes, contra as oligarquias

Richard Rorty.(entrevista a Derek Nystrom e Kent Puckett)
.
.
.
.
Entrevista, sobre filosofia política, concedida por Richard Rorty aos professores Derek Nystrom e Kent Puckett. Em cada fala emerge uma ideia contraintuitiva, uma interpretação surpreendente, uma releitura de eventos, personagens e situações que pareciam já devidamente explicados. Rorty encara as ideias e as posições partidárias não pelo ângulo ideológico, mas pelo impacto que tiveram na construção da nação norte-americana. Ele traça vínculos entre história e biografias, entre Estado e facções políticas, entre passado e futuro. A entrevista é precedida por um prefácio de Paulo Ghiraldelli Jr. e Alberto Tosi Rodrigues, responsáveis pela organização e pelas notas da edição.